sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Imagens da Feira - Festa dos Santos de 2008

Aqui ficam algumas imagens da Feira - Festa, como te prometi:
Diversões:







Imagens de Arquivo...´
(Feira de 2007)







Espero que tenham gostado destas imagens e que fiquem curiosos de ver e se deixarem envolver por esta grande Festa de Chaves.

Bom fim de semana e Bons Santos!!

Feira - Festa dos Santos de Chaves 2008

Olá! Hoje divulgo-te uma Feira - Festa que se realiza em Chaves entre os dias 30 de Outubro e 2 de Novembro em Chaves.
Esta feira já tem mais 100 anos de história. No início surgiu como uma feira onde as pessoas se abasteciam do que precisavam para o Inverno e ano todo (desde roupas, animais e outros); era também um local de encontro das pessoas das aldeias e da cidade, um verdadeiro "ponto" de negócio.
A Feira dos Santos até aos inícios da década de 80, tinha início em Outubro e ia quase até ao Natal, o que hoje é diferente. Do mesmo modo o local da Feira foi variando ao longo dos anos...já foi no Largo do Arrabalde, na zona das Caldas, entre outros sítios.
Lembro que a Feira dos Santos ao longo dos anos foi-se modelando, desde os dias de feira, a própria forma da apresentação da Feira dos Santos é diferente, (este ano do que em anos anteriores).
Actualmente a Feira dos Santos, é mais do que uma Feira, é uma Festa, além de criar oportunidades de negócio, (quer para os feirantes, quer para os comerciantes), é um local de encontro, de convívio de pessoas diferentes num mesmo espaço - as ruas da cidade. Por estes dias além de se verem flavienses a visitar a feira, há os nossos "hermanos" galegos e muita gente de diferentes pontos do nosso país a visitar.
É uma festa com muita alegria, com diversidade e muita cultura.
Nesta Feira – Festa poderás encontrar a feira do polvo; feira do gado, (com Concurso Nacional Pecuário); feira da lã; feira da roupa; feira de antiguidades ou velharias; feira de artesanato português, africano e da América Latina; exposição de automóveis, camiões e alfaias agrícolas e ainda um espaço dedicado ás diversões para crianças e jovens, (que se situa a seguir ao Estádio Municipal, num espaço que vai ser usado para a Feira Semanal de Chaves).


Dia 30 - Abertura Oficial da Feira - Festa dos Santos - Quinta-feira

10H30 – Arruada – Bombos do Marco de Canavezes
11H00 – Portugal/Suíça, jogo de preparação para o campeonato da Europa Sub 16, Estádio Municipal de Chaves.
16H00 – Sessão de Abertura na Biblioteca Municipal de Chaves
15H00 – Arruada – Bombos de Marco de Canavezes
21H30 – Conjunto musical – NOVA DIMENSÃO – Largo General Silveira

Dia 31 - Sexta-feira

10H30 – Arruada – Concertinas da Venda Nova
12H00 – Festival Gastronómico do Polvo
15H00 - Arruada – Concertinas da Venda Nova
21H30 – Conjunto Musical - FUNÇÃO PÚBLICA – Largo General Silveira

Dia 1 – Sábado - Dia de Todos os Santos

10H30 – Arruada – Grupos de música tradicional
14H00 – Festival de folclore: Grupo de Danças e Cantares Regionais de Santo Estêvão; Rancho Folclórico de Selhariz, Largo General Silveira.
15H00 – Arruada – Grupos de Música Tradicional
22H00 – Concerto FERNANDO CORREIA MARQUES – Largo General Silveira

Dia 2 – Domingo

10H30/18H00 – Animação de rua
14H00 – Festival de Folclore: Rancho de Folclore da Vila Medieval de Santo Estêvão; Grupo Cultural e Recreativo da Cela; Grupo Folclórico da Associação Desportiva e Cultural dos Amigos de Vilas Boas.
15H00 – Grupo Desportivo de Chaves/Caniçal – 8ª Jornada do Campeonato Nacional, 2ª Divisão – Estádio Municipal de Chaves.
19H00 – Fogo-de-artifício, Forte de São Neutel.

Além deste Programa, podem ainda desfrutar as promoções do Comércio local, com a iniciativa da ACISAT - TODOS OS DIAS – STOCK OUT. O comércio sai á rua, todos os comerciantes colocam uma pequena barraca para a rua com algumas promoções.

Esta feira – festa estende-se pelas ruas da cidade – desde o Largo General Silveira, (ou mais conhecido por Largo das Freiras), prossegue pela Rua de Santo António, Largo do Anjo, Largo do Bacalhau, ruas envolventes ao Forte de São Francisco, (onde no estacionamento da Lapa, se encontra a exposição de automóveis e alfaias agrícolas), continua até à rotunda do Monumento, (onde aí pode parar e se abastecer de alguns doces…farturas e outros), seguindo até á avenida do Estádio e segue até ao parque de divertimentos.
Não percas esta oportunidade de visitar esta Feira – Festa dos Santos em Chaves, de conhecer a cidade, (o seu património natural, a nossa gastronomia e a beleza que envolve a cidade).

Visita….
Espero que gostes desta sugestão…

P.S.: NO próximo post ficam algumas imagens desta Feira - Festa dos Santos.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Sugestão de leitura...A vida num sopro

Olá! Hoje apresento-te uma nova sugestão de leitura. Esta é dedicada aos adultos...(em breve estarão aqui algumas sugestões para crianças).
O livro tem como título: A vida num sopro de José Rodrigues dos Santos.
Este é o último livro do jornalista português. Depois de diversos livros escritos por ele, como: A fórmula de Deus, O codex 632, A filha do capitão, entre outros livros de grande qualidade.

Fica aqui uma pequena síntese sobre este livro...



VIDA NUM SOPRO

Portugal, anos 30.
Salazar acabou de ascender ao poder e, com mão de ferro, vai impondo a ordem no país. Portugal muda de vida. As contas públicas são equilibradas, Beatriz Costa anima o Parque Mayer, a PVDE cala a oposição.
Luís é um estudante idealista que se cruza no liceu de Bragança com os olhos cor de mel de Amélia. O amor entre os dois vai, porém, ser duramente posto à prova por três acontecimentos que os ultrapassam: a oposição da mãe da rapariga, um assassinato inesperado e a guerra civil de Espanha.
Através da história de uma paixão que desafia os valores tradicionais do Portugal conservador, este fascinante romance transporta-nos ao fogo dos anos em que se forjou o Estado Novo.
Com A vida num sopro, José Rodrigues dos Santos traz o grande romance de volta às letras portuguesas.

O autor:
José Rodrigues dos Santos nasceu em 1964 em Moçambique. Abraçou o jornalismo em 1981 na Rádio Macau, tendo ainda trabalhado na BBC e sido colaborador permanente da CNN.

Doutorado em Ciências da Comunicação, é agora professor da Universidade Nova de Lisboa e jornalista da RTP. Trata-se de um dos mais premiados jornalistas portugueses, galardoado com dois prémios do Clube Português de Imprensa e três da CNN, entre outros.


Espero que não se fiquem pela síntese e descubram todos os "segredos" do livro...
Boas Leituras...

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Livros para crianças e jovens...



Olá! Além de as crianças e jovens aprenderem diversas matérias nas diversas disciplinas na escola ao longo dos anos...os livros são uma fonte de aprendizagem contínua para eles.
Falo de livros não escolares, (não esquecendo que os outros também são importantes, como ferramentas da educação para as crianças), livros de diversos temas e para diversas idades. São livros que podem ser encontrados em livrarias, feiras do livro, bibliotecas municipais, públicas e escolares.
Sendo estes livros importantes para a formação de crianças e jovens é cada vez mais importante que os pais, educadores, professores façam uma selecção criteriosa sobre os livros que são importantes que as crianças leiam.
Pois há muitos livros no mercado que são simplesmente livros de grande venda e marketing.
Deixo-te aqui dois sites portugueses onde poderás ver livros recomendados para as diferentes idades, diferentes leitores, (leitores medianos, leitores atónomos e outros). Em cada um dos sites, cada livro que é apresentado tem sempre a imagem do livro, a síntese do mesmo e editora para posterior pesquisa do livro, para o adquirir.
Sites:
- http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/
- www.casadeleitura.pt

Espero que tenhas gostado destas sugestões e que elas te sejam ucteis.
Caso tenhas alguma dúvida, podes sempre deixar uma mensagem que posteriormente ajudarei no que for possível.

Bom fim de semana...

Espaço da criança

Olá! Hoje apresento-te aqui um blog dedicado a crianças e educadores.
É um espaço de uma professora, onde tem sugestões de trabalhos para crianças, sites, blogues e outras actividades destinadas a crianças.
Fiquem aqui com o endereço do blog: http://cantinhoencantadodaeducacaoinfantil.blogspot.com

Visitem...
Espero que vos seja úctil...
bjs

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Riam-se um pouco...Cebola ou Árvore de Natal?

Uma família está à mesa de jantar quando o filho pede licença
para fazer uma pergunta.
O pai responde :
Claro, filho, vá perguntando !
- Papai, quantos tipos de seios existem?
O pai, um tanto surpreso, responde :
- Bem, meu filho, existem três tipos de seios: aos 20 anos a
mulher tem seios como melões, firmes e redondos; dos 30 aos 40 eles são como pêras,
ainda belos porém um pouco caídos; e aos 50 os seios ficam como
cebolas...
E o filho : - Cebolas ?
- Sim ! Quando você olha para eles, fica com vontade de chorar...
Esta explicação leva a mãe e a filha a um ponto nevrálgico tal,
que a filha pergunta :
- Posso também fazer uma pergunta um tanto pessoal ?
A mãe responde :
- Claro, filha! Pergunte !
- Mãe, quantos tipos de pénis existem ?
A mãe fica um pouco surpresa, mas olha para o marido e responde:
- Bem, filhinha, um homem passa por três fases distintas: aos
20 anos o pénis é como um pé de jacarandá, respeitável e firme; dos 30
aos 40 anos o pénis é como um pé de chorão, flexível mas confiável;
e após os 50 anos o pénis fica como uma Árvore de Natal...
- Árvore de Natal, mamãe ?
- Isso mesmo, minha filha: morto da raiz até a ponta; e as bolas
ficam penduradas ali só como decoração!

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Novidades....

Olá! Hoje apresento-te algumas novidades que vão surgir em breve aqui no blog, das quais se destacam:
- sites e blogs destinados a professores do 1.º e 2.º ciclo, educadores de infância, animadores socioculturais e outros. Nesses sites e blogs poderás encontrar sugestões de livros infantis e juvenis e destaques de eventos para os mais pequenos.
- sugestões de livros infantis.
- Os melhores livros para adultos, (estes que já aqui foram dados alguns exemplos no blog, mas que agora, vão ter mais e melhores sugestões com a imagem e uma síntese de cada livro e preço do livro no mercado).
- Projectos de pessoas e organizações não governamentais que dedicam a sua causa a ajudar os outros nas mais diversos objectivos.
- Imagens, vídeos sobre Chaves, (de forma a dar a conhecer mais e melhor as riquezas de deste concelho de Trás-os-Montes).
- Mais e melhores músicas e videos de artistas portugueses
- O meu percurso pela Universidade...

Espero que gostem desta nova "grelha" para o blog.
Lembro que todas as novidades que vão sendo apresnetadas não tem dia de semana marcado, sendo que um dia pode ser para livros infantis e outro para outro tema. Mas tudo é apresentado de forma actualizada ao longo de cada semana...

Até breve...
Fiquem atentos aos novos temas do blog!! E não se esquecam de ver e participar no blog...

Reflecte sobre isto...A fome no mundo

Olá! Espero que o teu fim de semana tenha sido bom.
Hoje apresento-te aqui um tema para reflectires sobre uma preocupação que não só a mim me preocupa, mas a muitas pessoas.
Deveria passar de uma preocupação, ou "pena" como muitas pessoas dizem, para o Homem passar á acção, acabar ao longo do tempo com a fome no mundo.



Neste momento, cerca de mil milhões de pessoas acordem e adormeçam com fome nesta que consideramos, talvez de forma injusta, a aldeia global.
Neste momento, trinta e três países atravessem situações de fome classificada como alarmante, sofrendo a população de inanição.
O Índice Global da Fome de 2008, elaborado por três ONGD (International Food Policy Research Institute, Welthungerhilfe e Concern Worldwide) denuncia que o Congo, a Eritreia, o Burundi, a Nigéria, a Serra Leoa, a Libéria e a Eiópia atravessam, no momento, as situações mais aflitivas a nível mundial.
Assusta-me que, 923 milhões de pessoas passem fome todos os dias, a maior parte cidadãos de países em desenvolvimento.
Assusta-me, por exemplo, que no Congo o índice de fome tenha aumentado, desde 1990, 67%...esta situação específica toca-me de modo particular porque o ano passado, na altura da morte súbita da minha mãe, ela estava nomeada para Consul da República Democrática do Congo...
Assusta-me que 40% das crianças com menos de cinco anos de idade, na Índia, Iémen e Timor Leste apresentem baixo peso, para a idade.
Com tudo isto, com este panorama aterrador, assusta-me, mais ainda, que o Programa Mundial da Alimentação, tenha visto o seu orçamento reduzido em 15% em 2007.

Isto não é moda ou uma simples coisa ocasional que acontece em determinados sítios do mundo e depois passa...antes fosse assim!

Era bom que o Homem finalmente tomasse algumas atitudes a nível global e deixasse de pensar em enriquecersse a si próprio, em ser egoísta e pensar mais no que se passa á sua volta...

Desculpem ser tão directo, mas quando vejo documentos, (como os que vi recentemente sobre dados sobre a Pobreza Mundial) sinto-me muito triste, assustado e ao mesmo tempo sinto com o que eu faço pelos outros é pouco...pois nesta matéria todas as pessoas deveriam fazer algo por isto.

Lembro que a pobreza deve-se essencialmente á guerra do seu país, secas extremas no seu país, ao desemprego aliado á própria família que que esquece esse familiar.
Pensem nisto!!

A fome mata de 5 em 5 segundos uma pessoa no mundo.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Disfrutem se faz favor...

Declaração de Amor

Alentejana


Minha querida magana.

Desda aquela vez da palha naquele monti
Que aqui ficastes escarrapachada na minha alembradura.
Atão na foi tão bom? Diz laa?
Condolho pra ti com esses bêços de mula,
O mê coração prega purradões nas costelas,
Parece um trator a arrencar ecalitros naquela charneca.
Se mamares comé tamo,
Se machares come tacho
Vamos pedir a tê pai cacete o nosso acasalamento.
Gosto de ti, pôrra!

Espero que tenham gostado...
Bom fim de semana...
Abraços....

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Sugestão de filme...August Rush (O Som do Coração

Ola! Hoje apresento-e uma sugestão diferente, um filme.
Este filme tive a oportunidade de o ver anteontem á tarde e tem como título: August Rush (O Som do Coração).
Este é um filme mágico,muito bom e com uma grande mensagem...
Para quem o vê, pensa logo que é um filme de "de magia" de "princesas" ou coisas do género...mas não é, é muito mais do que isso. È um filme que contém uma grande mensagem e que transmite grandes valores...
Este é um filme que te sugiro que vejas e o revejas...



Síntese do filme:
Doze anos atrás, em cima de um telhado iluminado pelo luar na Praça Washington, Lyla Novacek, uma jovem violinista bem criada e Louis Connelly, um carismático cantor-compositor irlandês, se uniram por acaso por estarem ao mesmo tempo escutando um músico de rua que tocava “MoonDance” e imediatamente se apaixonaram.

Meio que compartilhando a linguagem musical, a conexão deles era inegavelmente verdadeira… apesar de breve.

Após a noite mais romântica de suas vidas, Lyla jurou encontrar Louis novamente mas, mesmo sob seus protestos, o seu pai a empurrou para que ela fosse realizar o próximo concerto dela - fazendo com que Louis assim acreditasse que ela não se importava com ele.

Desestimulado, ele achou que seria impossível continuar tocando e finalmente abandou a música enquanto Lyla, com suas esperanças no seu amor perdido, foi levada a pensar meses depois que também havia perdido o bebê dela e de Louis que supostamente não teria nascido em um acidente de carro.

Agora, a criança dada secretamente pelo pai de Lyla cresceu e tornou-se numa criança espirituosa e talentosa que ouve música em todo a seu redor no ritmo da vida e pode transformar o sussurro do vento do campo de trigo em uma bela sinfonia com ele próprio no comando, sendo ao mesmo tempo o compositor e maestro daquela melodia.

Deixado órfão pela circunstância, ele mantém uma profunda e firme crença que seus pais estão vivos e o querem tanto quando ele os quer – se eles simplesmente pudessem achar uns aos outros.

O talentoso músico mirim August deixa o orfanato para encontrar os pais, pois foi separado deles em seu nascimento.

Para isso terá a ajuda de um misterioso estranho.


Espero que gostes...
Depois partilha a tua opinião ou outras sugestões de filmes aqui no blog.

xau...
e boa semana

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Christopher Paolini

Olá! Depois de te ter deixado a sugestão de leitura de hoje, fica agora com uma pequena síntese sobre Christopher Paolini, autor de Eragon.



"A paixão de Christopher Paolini pelo fantástico e pela ficção científica inspirou-o a começar a escrever o seu romance de estreia, Eragon, quando terminou o liceu. Tornou-se um New York Times Bestselling Author aos 19 anos. Christopher vive em Montana, cuja épica paisagem alimentou a sua visão de Alagaësia. Está neste momento a trabalhar no último volume de A Trilogia da Herança.

Paolini não tem endereço de correio electrónico. Para entrar em contacto com o autor, deverão enviar as vossas cartas, em inglês, para:

Christopher Paolini
c/o Random House Children's Books
1745 Broadway, 10th Floor
New York, NY 10019
USA





Christopher Paolini fala sobre si, sobre a escrita, e do prazer que foi criar Eragon e todos aqueles seres fantásticos que fazem parte do teu mundo:

"Escrever é a alma e o coração do meu ser. É o modo de trazer as minhas histórias para a vida. Não há nada como colocar palavras numa página e saber que elas vão despertar certas reacções e emoções no leitor. Na minha escrita, luto por uma beleza lírica, algures entre Tolkien no seu melhor e Beowulf, na tradução de Seamus Heaney.

Eragon é o primeiro conto de uma trilogia. Comecei a escrevê-lo com quinze anos, depois de várias tentativas falhadas para criar outras histórias. Foi uma experiência incrível de aprendizagem - e não apenas da escrita. A grande lição que retive foi que uma escrita clara é o resultado de um pensamento claro. Sem o primeiro não alcançamos a segunda.

Eragon é a história arquétipa de um herói, repleta de acção excitante, perigosos vilões e locais fantásticos. Com dragões e elfos, lutas de espadas, inesperadas revelações e, claro, uma linda donzela que é muito bem capaz de cuidar de si própria.

Nas páginas deste livro há todo um território a explorar: Alagaësia. Onde tanto podes deambular por Tronjheim, a cidade construída pelos anões nas montanhas, como por Du Weldenvarden, a misteriosa floresta. Em todo o caso, existem aqui maravilhas em abundância, mesmo para o mais devotado leitor do fantástico.

Eragon é o culminar de vários anos de intenso trabalho. Quando acabei o secundário, eu queria escrever uma genuína história de heróis. E foi assim que comecei imediatamente a planear uma trilogia baseada nos meus ideais sobre um verdadeiro arquétipo. Pensando bem, pode não ter sido muito sensato - projectar um trabalho desta envergadura - mas, como se costuma dizer, só podemos aprender com a experiência.

Para mim, o tempo que despendo a projectar um conto é mais importante do que a própria escrita. Se não temos uma boa história, é extremamente improvável que um bom livro possa surgir da confusão de ideias que flutuam no nosso cérebro. Escrever Eragon não foi uma tarefa complicada a partir do momento em que tive o esqueleto da história firme na minha mão - ainda assim, gastei algum tempo a rever Eragon and Murtagh's flight to the Varden, por causa de algumas ideias incoerentes que tinha antes de chegar a esta parte.

A verdadeira tortura com Eragon começou na edição. Descobri que editar é realmente outra palavra para o acto de alguém, impiedosamente, com um grande sorriso, desfazer o teu trabalho, dizendo a todo o momento que isso vai tornar o teu livro muito melhor. E tornou, embora tenha sido como espetarem-me lascas de bambu em brasa directamente nos olhos.

Sempre me fascinaram as origens do actual fantástico, que remontam às histórias dos Teutónicos, Escandinavos e Noruegueses Medievais. Isto se ignorarmos uma grande parte dos escritos devotados aos mitos das Ilhas Britânicas. Por isso, usei o Norueguês Medieval como base para a linguagem dos elfos em Eragon, assim como para muitos nomes. Contudo, todas as palavras em Dwarf e Urgal foram invenção minha.

Angela, a ervanária, é uma personagem com uma história interessante. Nunca tive intenção de ter alguém como ela no livro, mas quando Eragon e Brom chegaram a Teirm, decidi incluir uma caricatura da minha irmã, que por coincidência também se chama Angela. Felizmente para a minha integridade física, ela tem um excelente sentido de humor. Quando Eragon está a explorar Teirm, pensei que seria óptimo ter uma bruxa no mercado a prever-lhe o destino. Mas uma ideia melhor ocorreu-me e enviei-o directamente à ervanária de Angela. Ela tornou-se numa pessoa tão interessante, juntamente com Solembum, que decidi inclui-la nos outros dois livros da trilogia.

Espero que Eragon vos deixe com a mesma sensação de encantamento que tive ao escrevê-lo. Eu acredito em magia - na magia das histórias para nos fazerem revelações e nos manterem maravilhados e em suspense. Estas sensações podem vir de pequenas coisas: duma visão mágica de pó de fada que rodopia em alvos raios iridescentes, ou no fim de uma epopeia onde uma onda de emoção nos purifica, livrando-nos completamente do mundo banal por um momento. De qualquer modo, espero que encontrem em Eragon alguma coisa de especial, alguma coisa do outro lado do espelho.

Desfrutem a viagem!"

Espero que tenhas gostado e que agora possas seguir viagem através de Eragon...

P.S.: Poderás saber mais informações sobre cada obra dele e ver as imagens do livro em: http://www.gailivro.pt/eragon

Até breve com mais novidades!!

Sugestão de leitura...Eragon

Olá! Hoje apresento-te não um mas os três livros da saga Eragon de Christopher Paolini, (joveme scritor norte-americano).
Os dois primeiros livros, já tive oportunidade de os ler com grande satisfação, pois transmitem magia e fazem com que o leitor siga todo o enredo da história com grande fulgor e sem grande vontade de par a leitura...
Apresento-te então as três obras de Christopher Paolini: Eragon, Eldest e a terceira que foi lançada á pouco tempo em Portugal.

1.º Livro: Eragon



Síntese:

"Quando Eragon encontra uma pedra azul polida na floresta, acredita que poderá ser uma descoberta bendita para um simples rapaz do campo: talvez sirva para comprar carne para manter a família durante o Inverno. Mas quando descobre que a pedra transporta uma cria de dragão, Eragon depressa se apercebe de que está perante um legado tão antigo como o próprio Império.

De um dia para o outro, a sua vida muda radicalmente, e ele é atirado para um perigoso mundo novo de destino, de magia e de poder. Empunhando apenas uma espada legendária e levando os conselhos dum velho contador de histórias como guia, Eragon e o jovem dragão terão de se aventurar por terras perigosas e enfrentar inimigos obscuros, dum Império governado por um rei cuja maldade não conhece fronteiras.

Conseguirá Eragon alcançar a glória dos lendários heróis da Ordem dos Cavaleiros do Dragão? O destino do Império pode estar nas suas mãos..."

2.º Livro: Eldest



Síntese:

Depois de ERAGON, a viagem continua com ELDEST.

"Cai a escuridão...
Colidem as espadas...
Reina o mal...

Eragon e o seu dragão, Saphira, acabam de salvar o estado rebelde da destruição pelas forças poderosas do Rei Galbatorix, cruel governante do Império. Eragon deverá rumar agora a Ellesméra, terra dos Elfos, onde treinará ainda mais os seus poderes de Cavaleiro do Dragão: a magia e a destreza no manejo da espada.
Muito em breve estará a caminho, na viagem da sua vida: os seus olhos abrem-se a novos lugares e a personagens terríveis, os seus dias enchem-se de novas aventuras. Mas o caos e a traição espreitam a cada esquina, e nada é o que parece ser. Não tarda, Eragon deixa de saber em quem confiar.
Entretanto, o seu primo Roran terá de travar uma nova batalha – uma batalha que colocará Eragon num perigo maior.
Será a mão obscura do rei capaz de estrangular toda a resistência? Eragon poderá não escapar com vida…"

3.º Livro: Brisinger



Síntese do livro:
"Prepara-te. BRISINGR vem aí e… é fogo!

Juramentos prestados. . .
Lealdades testadas. . .
Forças em colisão.

Na sequência da batalha colossal nas Planícies Flamejantes contra os guerreiros do Império, Eragon e o seu Dragão, Saphira, escapam com dificuldade.

No entanto, o Cavaleiro e o Dragão ainda terão de se deparar com inúmeros desafios…

Eragon vê-se enredado numa série de promessas que poderá não conseguir cumprir. O juramento ao seu primo, Roran, no sentido de o ajudar a resgatar a sua amada Katrina das garras de Galbatorix.

Todavia, Eragon deve lealdade a outros também. Os Varden precisam desesperadamente dos seus talentos e da sua força, tal como os Elfos e os Anões. E, logo que a inquietação assalta os rebeldes e o perigo espreita em cada esquina, Eragon terá de fazer escolhas que o levarão a atravessar o Império, viajando muito além. Escolhas que o poderão submeter a sacrifícios inimagináveis…

Eragon é a grande esperança para libertar o reino da tirania.

Conseguirá este rapaz, outrora um simples camponês, unir as forças rebeldes e assim derrotar o rei?"

Lembro que inicialmente o autor quando criou o Eragon, a obra era para ser constituida por três livros - uma Trilogia, mas com o desenvolver da história, o autor, desenvlvou mais um obra, passando de três a quatro - Uma Antologia.

Espero que tenhas gostado deste sugestão...e se já leste os dois primeiros livros deste autor, não percas o 3.º livro, saiu á pouco tempo.
Eu pessoalmente, estou mortinho para o ler...desde que me emprestaram o Eragon nunca mais deixei de acompanhar o Eragon...sendo que mais tarde comprei os dois livros e agora espero poder ter o terceiro, (quando baixar o precinho...pois é um pouco caro ainda...:-D).

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Sugestão TV...programa de voluntariado

Olá! Apresento-te aqui mais uma sugestão TV. Esta sugestão é um programa que se iniciou no sábado pelas 19horas na RTP2, que se chama Voluntário e que é apresentado pela Lúcia Moniz.

A RTP, em conjunto com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, exibe uma série de 13 documentários sobre voluntariado apresentada por Lúcia Moniz, com o objectivo de mobilizar a sociedade portuguesa para a prática do voluntariado, através de histórias concretas e reais de pares – voluntário/ajudado - que protagonizam cada um dos filmes.
VOLUNTÁRIO traz-nos 13 casos que envolveram intensamente 26 pessoas cujas vidas foram transformadas pelos laços que estabeleceram entre si. Cobrindo as mais diversas áreas, desde a ajuda a pessoas em situação de exclusão social, passando pela deficiência, o apoio aos sem-abrigo, até ao acompanhamento de imigrantes e de pessoas com doenças terminais, cada um dos 13 episódios de VOLUNTÁRIO revela o impacte que uma ajuda generosa e consistente pode ter na vida de quem julga não ter saída para as suas dificuldades especiais. Mas não só. Através da força dos seus testemunhos, VOLUNTÁRIO mostra também como é ajudado quem ajuda.
VOLUNTÁRIO é uma série com gente de carne e osso lá dentro, simultaneamente emocionante e rigorosa e revela-nos pessoas que vamos ter gosto em conhecer.

Este é um daqueles programas que merece nota 5, (de 0 a 5) e que merece toda a tua atenção sobre esta causa tão nobre - voluntariado e ser voluntário.

Partilha a tua opinião ou ideias sobre este programa ou este tema - Ser Voluntário.

Fico á espera das tuas ideias...

Aí vem a primeira frequência....

Olá! Espero que a tua semana esteja a ser boa.
Quanto a mim depois de ter começado as aulas na universidade, (agora na UTAD, curso de Animação Sociocultural), de me ter ambientado as aulas, diversas disciplinas e colegas vou ter em breve a primeira frequencia...
É já dia 28 deste mês a Espanhol...é uma disciplnia que estou a gostar muito, além de ser uma disciplina que é importante para o meu futuro.
Neste momento estão a aprender o básico do Espanhol, (números, verbos, alfabeto, entre outras coisas). Chama-se neste primeiro semestre - Espanhol 1 ou Espanhol nível 1.
Espero que corra bem a frequência e que ultrapasse esta primeira prova.
Depois desta frequência tenho que preparar para fazer uns trabalhos para algumas disciplinas a entregar no início de Janeiro.

Até breve com mais novidades...
Abraç@s...

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Dia Mundial Contra a Pena de Morte



Para terminar a semana, deixo-te esta imagem.
Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras, esta descreve isso.
Hoje é o Dia Mundial Contra a Pena de Morte - 10 de Outubro.
Gostava que partilhasses ideias ou pensamentos sobre este tema. O que é que pensas...concordas ou não com a pena de morte!?


Amanha estarão aqui mais novidades acerca desta tema....

Bom Fim de semana....

Nobel da PAZ 2008

Olá! Antes de "entrar no fim de semana", não me podia esquecer de divulgar esta notícia:



O finlandês Martti Ahtisaari é o galardoado com o Nobel da Paz 2008, pelas várias missões de mediação em todo o mundo, nomeadamente na Namíbia, Aceh, Kosovo e Iraque.

O antigo presidente finlandês foi galardoado “pelos seus importantes esforços, em vários continentes e durante mais de três décadas, na resolução dos conflitos internacionais. Estes esforços contribuíram para um mundo mais pacífico e para a 'fraternidade entre nações' de acordo com o espírito de Alfred Nobel”, declarou o presidente do Comité Nobel, Ole Danbolt Mjoes.

“Desenvolveu também contribuições construtivas para a resolução dos conflitos na Irlanda do Norte, Ásia Central e no Corno de África”, acrescentou.

"A mais importante das minhas missões foi claro a da independência da Namíbia. Com aquele processo estive ocupado 13 anos. Aceh e Kosovo foram também muito importantes", acrescentou o ex-presidente finlandês.


O prémio Nobel, que consiste num medalha, um diploma e um cheque de dez milhões de coroas suecas (um milhão de euros), será entregue em Oslo, a 10 de Dezembro, data do aniversário da morte do seu fundador, o industrial e filantropo sueco Alfred Nobel.

Em 2007, o galardão foi entregue ao ex-vice-presidente norte-americano Al Gore e ao Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas da ONU.

No total, estavam este ano nomeadas 197 pessoas e organizações.

Este Prémio é importante, pois dá a conhecer pessoas que em diversos pontos do mundo com diversas acções tentam construir a paz, através do diálogo.
É pena que não sao reconhecidas mais pessoas em todo o mundo, quer pelos próprios governos de cada país, quer determinadas instituições, de modo a que se paça algo no "terreno" de modo a criar o diálogo, como caminho para a paz.
Era bom que o Homem comecasse a tomar consciência que não é com guerras que se melhora o mundo e as relações entre o Homem ou se consegue atingir objectivos de determinados países; ao contrário que se gera mais pessoas a morrer a fome, com doenças e refugiados.
Espero que o mundo não continue a caminhar num egoismo que faz com que isso destrua o Homem e o planeta Terra onde vivemos.
Espero que cada pessoa em cada ano elegida como Prémio Nobel da Paz, seja lembrada como mais do que um premiado, mas sim uma personalidade que tentou e tenta fazer algo pela Paz.

Pensem nisto!!

Bom fim de semana...

Sugestão de leitura...O Véu do Medo

Olá! Espero que a tua semana esteja a ser boa...
Quanto a mim, posso dizer que tem corrido bem...agora um pocuo mais ocupado, a preparar uns trabalhos para uma disciplina da Universidade e um frequencia que vou ter em breve...
É claro que não me podia esquecer de ti, de deixar algumas notícias aqui no blog, algumas notícias e sugestões.
A sugestão que vos apresento, é mais um livro. Pois como eu gosto de livros, especialmente aqueles que tem uma grande mensagem, que transmitem verdadeiros sentimentos ou realidades que se passam em todo o mundo.
O livro que vos apresento hoje, tem como título: O Véu do Medo de.. Este é mais um daqueles livro de histórias de mulheres que sofrem perante uma tradição que impera nos seus países, imposta pelo Homem. Essas mulheres não tem liberdade, independecia e mesmo alguns estudos.
As mulheres que se conseguem libertar desta "teia", depois de terem passado um martirio, vem para a Europa ou E.U.A. e aí juntam-se a outras pessoas e criam Movimentos para a defesa das mulheres, dos seus direitos e também para, se possível conseguir libertar mais mulheres dessa situação.




Síntese do livro:
"Tanto quanto me lembro, ouço a minha mãe repetir a propósito de tudo: «Que mal fiz eu ao bom Deus para merecer uma filha?». Esta frase tornara-se o seu queixume favorito. Doía-me ouvi-la.

(...)

Nascer do sexo feminino numa família muçulmana, e além de tudo argelina, orientara o meu destino nos primeiros momentos de vida.

(...)

— Mamã, porque não gostas de mim?

A minha mãe lançou-me um olhar de desprezo.

— Atreves-te a fazer-me essa pergunta! Como se não soubesses por que razão as mães preferem os rapazes às raparigas — respondeu-me ela, convicta da evidência da resposta.

(...)

— Bem vês, Samia, as mães não gostam de ter filhas, pois estas só trazem desonra e vergonha à família. As mães são obrigadas a alimentá-las e a velar pelo seu bom comportamento até ao dia em que o marido assuma o seu encargo. As raparigas são uma fonte constante de preocupações.

(...)



Nos países muçulmanos e de forma acentuada na minha família, ter um rapaz era uma bênção e, obviamente, o nascimento de uma rapariga uma maldição. A rapariga muçulmana nunca conhece a autonomia. Permanece, durante toda a vida, sob a responsabilidade de um homem. Depende primeiro do pai e depois do marido. Representa, portanto, um encargo para os pais. Esta maneirade proceder transmite-se de geração em geração, e a menina muçulmana acaba por considerar-se a si mesma uma maldição. Eu era, portanto, a maldição da família na qual ocupava o lugar central, entre dois irmãos mais velhos e dois irmãos mais novos.

(...)

O meu pai era um rico industrial que fizera fortuna nos têxteis e se interessava igualmente pela restauração.

Amina era a minha única amiga. Os pais de Amina também eram imigrantes de origem argelina, mas constituíam uma família pobre. O pai trabalhava na recolha do lixo.

(...)

— Mamã, por favor, conta-me o meu nascimento!

— Não há nada a contar. Foi o pior dia da minha vida! — respondeu ela, num tom irritado.

(...)

Num dia em que me encontrava em casa da minha amiga, o pai levou-lhe uma linda boneca de longos cabelos louros que encontrara num contentor de lixo. A minha amiga sentiu-se tão feliz que se precipitou nos braços do pai.

(...)

— Por que razão nunca recebo presentes do pai? Podia comprar-me alguns, para me dar prazer.

— Te dar prazer? E tu, alguma vez deste prazer ao teu pai?

— Sim! Porto-me bem e obedeço-lhe.

— Sabes o que daria realmente prazer ao teu pai?

— Não! Diz-me, por favor?

— Que tu nunca tivesses nascido — declarou a minha mãe, maldosa. Naquele dia, decidi pedir uma boneca ao meu pai.

(...)

Quando entrei na sala, o meu pai tinha os olhos fechados, e a minha mãe, ajoelhada, lavava-lhe os pés. Não era aquele o melhor momento para me aproximar, pois ele podia enfurecer-se e bater-me.Voltei para o quarto, a fim de lhe escrever o meu pedido: «Papá, gosto muito de ti e gostava de ter uma boneca. És o melhor pai do mundo!» Em seguida, fui esconder a minha missiva debaixo do seu travesseiro. Naquela noite, adormeci na esperança de que o meu pai me oferecesse a tão almejada boneca. Pouco depois, a minha mãe entrou bruscamente no quarto.

— Foste tu que escreveste este bilhete?

— Fui — respondi eu, meio adormecida.

— Que pretendes?

— Peço uma boneca.

— Esqueceste-te de que o teu pai não lê francês? Talvez a menina queira menosprezar o pai, agora que sabe escrever?

— Não, mamã. Julguei que o pai soubesse ler várias línguas.

(...)

Certa manhã, fui acordada pelos gritos de alegria dos meus irmãos. Levantei-me de um pulo e dirigi-me para a cozinha, de onde provinham as vozes. Numa grande excitação, anunciaram-me que iam inaugurar o novo restaurante do nosso pai. Como também queria estar presente, voltei para o meu quarto, a fim de me preparar.

— Que estás a fazer? — interpelou-me a minha mãe.

— Estou a vestir-me para ir ao restaurante.

— Não, tu não vais; só os rapazes têm esse direito.

(...)


Espero que tenhas gostado desta sugestão...
Boas leituras e umbom dia para Ti!!
Até breve....

domingo, 5 de outubro de 2008

Amizade...

Enquanto houver amizade...
Pode ser que um dia deixemos de nos falar.
Mas enquanto houver amizade, faremos as pazes de novo.
Pode ser que um dia o tempo passe.
Mas, se a amizade permanecer, um do outro há de se lembrar.
Pode ser que um dia nos afastemos.
Mas, se formos amigos de verdade, a amizade nos reaproximará.
Pode ser que um dia não mais existamos.
Mas, se ainda sobrar amizade, nasceremos de novo, um para o outro.
Pode ser que um dia tudo acabe.
Mas com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente, sendo único e inesquecível
Cada momento que junto viveremos e nos lembraremos para sempre.

sábado, 4 de outubro de 2008

Sugestão TV - "Aqui e Agora"

Olá! Hoje apresento-te aqui, (inserido no tema: Sugestão TV) um "rúbrica", que se insere no Jornal da Noite da SIC, essa rúbrica é transmitida sexta á noite, no final do Jornal da Noite.
Para mim foi a primeira vez que vi "rúbrica" do jornal da SIC.
O tema levantado na sexta-feira no Aqui e Agora, era a As Praxes, (pois nessa semana decorriam as Praxes em todo o país).
No debate falou-se do lado positivo que podem ser as praxes, no contexto dos aluno nas Universidades; mas por outro lado debateu-se a questão que leva alguma polémica e que não é de agora...as Praxes deprimentes, a humilhação dos novos alunos na Universidade, entre outros.
Eu pessoalmente sou contras praxes, que na maiorias das Universidades se vê todos os anos praxes aum pouco violentas, humilhantes e quem em nada tem a ver com a integração dos jovens num novo meio escolar...com brincadeiras aceitáveis.
Acontece que alguns jovens que não aceitam, são desde logo "rotulados" como anti-praxe e isso significa que não pode usar o traje académico na festa no último ano de curso.
Não se compreende, nem há desculpas para estas situações!!!
Acho que por um auno ou aluna não aceitar determinadas praxes ou mesmo na totalidade, não possa usar traje...não são essas comissões de praxe ou associação académica de cada universidade que diz isso - proibe.
Quando vem um caso grave á televisão u jornal sobre um praxe....vem logo a comissão de praxe da universidade onde se passa isso, dizer que não tem nada a ver com eles o que se passou, não sabem quem foi ou ainda dizem que ninguém é obrigado a fazer tudo o que os "doutores" dizem...
Acho,para terminar a minha sugestão sobre este tema, o Governo de Portugal, deveria ter em atenção nas Praxes e mudar determinadas coisas quanto a isto, tomar sentido práctico, intervir...

P.S.: Continuo a pensar que uma praxe, é uma brincadeira, onde os novos alunos conhecem a novo local de ensino superior, se integram com os alunos que já la estavam a estudar...tudo com brincadeiras aceitáveis!!

Pensem nisto!!!

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Declaração dos Direitos do Homem e cidadão

Parte II - Declaração dos Direitos do Homem e cidadão

Art.1.º Os homens nascem e são livres e iguais em direitos. As distinções sociais só podem fundamentar-se na utilidade comum.

Art. 2.º A finalidade de toda associação política é a conservação dos direitos naturais e imprescritíveis do homem. Esses direitos são a liberdade, a prosperidade, a segurança e a resistência à opressão.

Art. 3.º O princípio de toda a soberania reside, essencialmente, na nação. Nenhuma operação, nenhum indivíduo pode exercer autoridade que dela não emane expressamente.

Art. 4.º A liberdade consiste em poder fazer tudo que não prejudique o próximo: assim, o exercício dos direitos naturais de cada homem não tem por limites senão aqueles que asseguram aos outros membros da sociedade o gozo dos mesmos direitos. Estes limites apenas podem ser determinados pela lei.

Art. 5.º A lei não proíbe senão as acções nocivas à sociedade. Tudo que não é vedado pela lei não pode ser obstado e ninguém pode ser constrangido a fazer o que ela não ordene.

Art. 6.º A lei é a expressão da vontade geral. Todos os cidadãos têm o direito de concorrer, pessoalmente ou através de mandatários, para a sua formação. Ela deve ser a mesma para todos, seja para proteger, seja para punir. Todos os cidadãos são iguais a seus olhos e igualmente admissíveis a todas as dignidades, lugares e empregos públicos, segundo a sua capacidade e sem outra distinção que não seja a das suas virtudes e dos seus talentos.

Art. 7.º Ninguém pode ser acusado, preso ou detido senão nos casos determinados pela lei e de acordo com as formas por esta prescritas. Os que solicitam, expedem, executam ou mandam executar ordens arbitrárias devem ser punidos; mas qualquer cidadão convocado ou detido em virtude da lei deve obedecer imediatamente, caso contrário torna-se culpado de resistência.

Art. 8.º A lei apenas deve estabelecer penas estrita e evidentemente necessárias e ninguém pode ser punido senão por força de uma lei estabelecida e promulgada antes do delito e legalmente aplicada.

Art. 9.º Todo acusado é considerado inocente até ser declarado culpado e, se se julgar indispensável prendê-lo, todo o rigor desnecessário à guarda da sua pessoa deverá ser severamente reprimido pela lei.

Art. 10.º Ninguém pode ser molestado por suas opiniões , incluindo opiniões religiosas, desde que sua manifestação não perturbe a ordem pública estabelecida pela lei.

Art. 11.º A livre comunicação das ideias e das opiniões é um dos mais preciosos direitos do homem; todo cidadão pode, portanto, falar, escrever, imprimir livremente, respondendo, todavia, pelos abusos desta liberdade nos termos previstos na lei.

Art. 12.º A garantia dos direitos do homem e do cidadão necessita de uma força pública; esta força é, pois, instituída para fruição por todos, e não para utilidade particular daqueles a quem é confiada.

Art. 13.º Para a manutenção da força pública e para as despesas de administração é indispensável uma contribuição comum que deve ser dividida entre os cidadãos de acordo com suas possibilidades.

Art. 14.º Todos os cidadãos têm direito de verificar, por si ou pelos seus representantes, da necessidade da contribuição pública, de consenti-la livremente, de observar o seu emprego e de lhe fixar a repartição, a colecta, a cobrança e a duração.

Art. 15.º A sociedade tem o direito de pedir contas a todo agente público pela sua administração.

Art. 16.º A sociedade em que não esteja assegurada a garantia dos direitos nem estabelecida a separação dos poderes não tem Constituição.

Art. 17.º Como a propriedade é um direito inviolável e sagrado, ninguém dela pode ser privado, a não ser quando a necessidade pública legalmente comprovada o exigir e sob condição de justa e prévia indemnização.

Depois de ter visto a história e os Direitos do Homem e Cidadão, pensa um pouco sobre o que vês á tua volta...será que a sociedade cumpre Declaração dos Direitos do Homem e cidadão!? O que se passa com o Homem para se enganar e enganar as outras pessoas...destruindo Mundo á nossa volta.

Pensa nisto.
Até breve com mais novidades...

Curiosidades...



Olá! Hoje trago-te aqui um assunto importante e por vezes ignorado a nível Global: Direitos do Homem e do Cidadão.
Será que sabemos o que é isto? Qual é a importâncias destes direitos? Será também que os cumprimos?

Parte I


Deixo-te aqui um pouco da história sobre a Declaração dos Direitos do Homem e Cidadão.

Inspirada na Revolução Americana (1776) e nas ideias filosóficas do Iluminismo, a Assembleia Nacional Constituinte da França revolucionária aprovou em 26 de Agosto de 1789 e votou definitivamente a 2 de Outubro a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, sintetizando em dezassete artigos e um preâmbulo os ideais libertários e liberais da primeira fase da Revolução Francesa. Pela primeira vez são proclamados as liberdades e os direitos fundamentais do Homem (ou do homem moderno, o homem segundo a burguesia) de forma ecuménica, visando abarcar toda a humanidade. A Declaração foi reformulada no contexto do processo revolucionário numa segunda versão, de 1793. Serviu de inspiração para as constituições francesas de 1848 (Segunda República Francesa) e para a actual. Também foi a base da Declaração Universal dos Direitos Humanos promulgada pela ONU.

O conceito dos direitos humanos é antigo, mas tem sido desenvolvido durante a história. Os direitos naturais ou intrínsecos dos Homens, na terminologia jusnaturalista, já haviam sido mencionados explicitamente em textos religiosos (tal como os dez mandamentos, que reconhecem o direito a vida, a honra, etc...), literários (como a peça de teatro Antígona de Sófocles), ou puramente filosóficos (como os da escola de pensadores estoicistas).

Um evento marcante nessa evolução foi a aristocrática Carta Magna (1215), considerada no mundo anglo-saxão como a base do conceito actual dos diretos dos Homem.

A primeira declaração dos direitos do Homem da época moderna é aquela do estado da Virgínia (EUA), escrita por George Mason e adoptada pela Convenção de Virgínia em 12 de Junho de 1776. Esta foi a grande inspiração para Thomas Jefferson, redactor da Declaração de Independência dos Estados Unidos da América de 4 de Julho de 1776, e inspirou as 10 emendas constitucionais que garantem os direitos individuais e que fazem parte da Constituição dos EUA (1787). Mais tarde, foi ainda a origem da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão aprovados pela Assembleia Nacional de França.


A [Assembleia da República](Portuguesa), reconhecendo a importância da Declaração Universal dos Direitos do Homem, aprovou em 1998 uma Resolução na qual institui que o dia 10 de Dezembro passa a ser considerado o Dia Nacional dos Direitos Humanos.

Poema de Esperança...




"Bons motivos você tem para acordar...
Abra os olhos, deixe o sol queimar...
Encantada borboleta te diz
que ser feliz é uma questão delicada,
mas se não encontras boas razões,
envolva-se nos olhos da mulher amada,
deixe o vento em seus cabelos,afogue-se
nos braços da relva,flutue nas ondas do mar...
E se ainda assim,te faltares motivos
para encontrar teu próprio coração,
olhe o teu irmão em desamparo,caridade
é a luz sempre maior.
Ou então,redescubra-se com dois anos de idade,correndo pelas ruas da cidade...
Se você está só,também não entristeça.
Algo lindo te espera...
Um céu aberto,uma lua em alegria,
uma flor de estrada,uma alma para ser amada...
Entregue-se à vida...Viva com intensidade...
Deixe sempre uma palavra de carinho a todos...
Fale Eu Te Amo para quem você ainda não teve
a coragem de falar...E siga em frente...
A vida é o que tens de melhor...
Ache os tesouros que ela te reservou
e derrame-se em amor...
Olhe o futuro com esperança,
e o passado com satisfação...
E escute,faça tudo com paixão.
Tens tua vida em tuas mãos...
És o arquiteta/o de teu próprio destino,
Faça de teu caminho algo realmente divino!"

Karla Bardanza

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Para rir...

O novo Padre.

"Caro padre:

Da próxima vez, coloque umas gotas de vodka na água e não umas gotas de água no vodka. Deixo-lhe os seguintes reparos para que não se repita o que vi no sermão de hoje:



- Não há necessidade de pôr limão e açucar na borda do cálice.



- O missal não é, nem deverá ser usado como apoio para o copo.



- Aquela casinha ao lado do altar era o confessionário e não a casa de banho.



- Evite apoiar-se na imagem de Nossa Senhora e muito menos abraçá-la e beijá-la.



- Existem 10 mandamentos e não 12.



- Os apóstolos eram 12 e não 7. Nenhum era anão.



- Não nos referimos ao nosso Salvador, Jesus Cristo, e seus apóstolos como: "J.C. & Companhia".



- David derrotou golias com uma fisga e uma pedra. Nunca lhe foi ao cú.



- Não nos referimos a Judas como "filho da puta".



- Não deverá tratar o Papa por "O Padrinho".



- Judas não enforcou Jesus e o Bin Laden não tem a ver com esta história.



- A água benta é para benzer e não para refrescar a nuca.



- Nunca reze a missa sentado na escada do altar, muito menos com um pé sobre a Bíblia Sagrada.



- As hóstias devem ser distribuídas pelo povo. Não devem ser usadas como aperitivo para acompanhar o vinho.



- Procure usar roupas debaixo da batina e evite abanar-se quando estiver com calor.



- Os pecadores vão para o inferno e não "para a puta que os pariu".



- A iniciativa de chamar o público para dançar foi muito plausível, mas

fazer um " comboio" pela igreja é que não!



Pelos 45 minutos da missa que acompanhei, notei estas falhas.



Lembro-lhe também que uma missa leva em torno de 1 hora e não 2 tempos de 45 minutos cada.



Importante:



Aquele sentado no canto do altar, ao qual se referiu como "paneleiro,

travesti de saia", era eu!



Espero que estas falhas sejam corrigidas no próximo Domingo.

Espero que tenham gostado...
Um pouco de bom humor e de umas coisitas "picantes" penso que não faz mal a ninguém!!

Música - Bob Marley

Ola! Hoje apresento-te aqui uma música de um dos melhores cantores, (para mim) a nível mundial.
Tem músicas com "boas mensagens" e que fazem qualquer pessoa gostar delas...
Deixo-te aqui o vídeo de Bob marley, com a música: Jammim.



Espero que gostes...
Disfrutas desta belo momento de música...