terça-feira, 24 de junho de 2008

Terra do Nunca

Olá!
Hoje trazemos aqui mais uma novidade...surpresa!
Vocês já conhecem a Revista "Terra do Nunca" que vem com o Jornal de Notícias ao domingo?
Pois é, esta revista é um espaço para os "mais pequenos", onde podem dar a conhecer as suas histórias, passatempos, jogos, adivinhas, entre outros...
É uma revista versátil, que convida as crianças a visitar o mundo imaginário...o belo e o fantástico!
Vocês também podem ver esta revista e conhecer as histórias que os mais pequenos nos contam semanalmente ao domingo.
E agora digam que não vale pena!? E que os jornais não servem para transmitir cultura e que também pode ser um meio de aprendizagem e conhecimento.
Vejam esta revista e comentem este blog...
Se já conhecem a revista deixem aqui uma mensagem acerca do que ela vos transmitiu...
Abraços e ate breve...

Santos Populares - O Pão de Santo António

Olá! Como estamos na altura dos Santos Populares - Stº António, São João e São Pedro, deixo-vos aqui uma pequena curiosidade sobre o Santo António, que se celebra em Lisboa.
"O pão de Santo António"

A história do pão de Santo Antônio remonta a um fato curioso que é assim narrado: Antônio comovia-se tanto com a pobreza que, certa vez, distribuiu aos pobres todo o pão do convento em que vivia. O frade padeiro ficou em apuros quando, na hora da refeição, percebeu que os frades não tinham o que comer: os pães tinham sido "roubados". O frade padeiro foi contar ao santo o ocorrido. Este mandou que verificasse melhor o lugar onde os tinha deixado. O Irmão padeiro voltou estupefato e alegre: os cestos transbordavam de pão, tanto que foram distribuídos aos frades e aos pobres do convento. O pãozinho de Santo Antônio é, por tradição, colocado pelos fiéis nos sacos de farinha, com a fé de que, assim, nunca lhes faltará o que comer.
(in: http://www.jangadabrasil.com.br/junho/al100600.htm)
Espero que tenham gostado desta curiosidade...
Até breve...

terça-feira, 17 de junho de 2008

Casa de leitura

Olá! Hoje trago-vos aqui um exemplo de um site onde professores, educadores, pais e mesmos crianças podem ver livros para a sua idade, onde tem ao seu dispor livros com uma pequena síntese e algumas imagens dos mesmos livros.
O site é o seguinte: www.casadaleitura.org
Até breve....

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Vantagens da utilização de novas tecnologias nas escolas

Olá! Hoje apresento-vos um pequeno vídeo, onde demonstra as vantagens da utilização das novas tecnologias nas escolas. Este video insere-se nos últimos posts que coloquei no blog sobre a importância e vantagens da utilização das novas tecnologias nas escolas.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Ambientes virtuais de aprendizagem


Olá! Hoje trago-vos aqui um tema - "Ambientes virtuais de aprendizagem", que é importante nos dias de hoje, tal é a sua utilização e importância.


"Para facilitar a criação destas comunidades, de aprendizagem ou não, surgem na Internet diversos softwares de agregação de pessoas. Dentre os muitos, alguns são voltados ao entretenimento, outro à distribuição de notícias até que chegamos aos focado no sistema de ensino e aprendizagem pela Internet. Estes softwares trazem consigo discussões pedagógicas para o desenvolvimento de metodologias educacionais utilizando canais de interação web. Assim, softwares como TelEduc, Moodle, Solar, Sócrates, dentre outros, ganham espaço no cotidiano aos educadores virtuais pelo fato de possibilitarem fácil manuseio e controle de aulas, discussões, apresentações, enfim, atividades educacionais de forma virtual.
"Ambientes digitais de aprendizagem são sistemas computacionais disponíveis na internet, destinados ao suporte de atividades mediadas pelas tecnologias de informação e comunicação. Permitem integrar múltiplas mídias, linguagens e recursos, apresentar informações de maneira organizada, desenvolver interações entre pessoas e objetos de conhecimento, elaborar e socializar produções tendo em vista atingir determinados objetivos." (Educação a distância na internet - Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida)
Com os chamados Ambientes Digitais de Aprendizagem (Educação a distância na internet - Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida), a EaD ganhou a possibilidade de organizar de maneira mais controlada cursos, mescla de aulas presenciais e a distância, possibilidade de aulas apenas virtuais, integração com novas possibilidades de interação pela Internet, além da aproximação entre professores e alunos dentro do processo educativo. O número de ferramentas disponíveis para utilização também cresce a cada dia. São e-mails, fóruns, conferências, bate-papos, arquivos de textos, wikis, blogs, dentre outros. Ressalta-se que, em todos estes ambientes, textos, imagens e vídeos podem circular de maneira a integrar mídias e potencializar o poder de educação através da comunicação. Além disso, a possibilidade de hiperlinks traz o aumento do raio de conhecimento possível de ser desenvolvido pelos alunos. Estes hiperlinks podem ser realizados tanto dentro do próprio ambiente digital de aprendizagem (entre textos indicados ou entre discussões em fóruns diferentes, por exemplo), como também de dentro para fora e de fora para dentro (em casos de pesquisas alargadas de discussões internas, nos quais se pode trazer ou levar conteúdo desenvolvido para a discussão). Assim, pode-se diferenciar inclusive as nomenclaturas que são dadas à educação promovido a distância.

Formas de Educação usando a informática
De acordo com Prof. Dr. Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida, as três nomenclaturas para o modelo a distância de educação (Educação On-line, Educação a Distância e E-Learning) são conhecidos da área de educação, porém se diferenciam entre si. Conforme a Professora, a divisão ocorre da seguinte forma:
Educação a Distância: realiza-se por diferentes meios (correspondência postal ou eletrônica, rádio, televisão, telefone, fax, computador, internet, dentre outros), sendo um termo abrangente, mantém a relação de discussão de tempo e espaço (distanciamento físico) dentro o processo educacional, porém não é obrigatoriamente dentro do ambiente Internet;
Educação On-line: realizada obrigatoriamente com Internet em papel principal como meio, pode ser utilizada de forma síncrona ou assíncrona. Tem como características mais enfáticas a velocidade na troca de informações, o feedback entre alunos e professores e o grau de interatividade alcançado.
E-Learning: formato de educação a distância com suporte na internet. É muito utilizado por empresas, em processos de treinamentos de funcionários e seleção de pessoal. Seu foco consiste em organizar e disponibilizar materiais didáticos e, como afirma a Professora Maria Elizabeth, recursos hipermediáticos."


Ate breve...

Comunidades Virtuais

Olá! Hoje vou vos falar um pouco sobre as comunidades virtuais, sobre a sua importância e utilidade.
"
As comunidades virtuais aparecem como o resultado de uma prática continuada, a partir dos anos 80 ou até antes, quando as tecnologias de comunicação passaram a permitir interligar um grande número de utilizadores num espaço comum de intercâmbio de mensagens. Exemplos bem conhecidos e documentados são comunidades como a UseNet, com milhões de utilizadores, a Minitel, em França, a WELL, nascida nos Estados Unidos (Reinghold, 1996). As tecnologias subjacentes são anteriores ao desenvolvimento da Internet, a começar pelo correio electrónico, seguido dos portais de anúncios e posteriormente dos fóruns de discussão, dos sítios web e até tecnologias mais recentes como os diários ou weblogs, ou os wikis e outras mais especializadas.
Juntamente com este desenvolvimento tecnológico, cujo uso foi sempre explorado pelos utilizadores para além dos desenhos originais, outra linha surgiu, neste caso mais académica, baseada na ideia de comunidade: a que enfatiza o carácter social da aprendizagem e que a pensa sempre como resultado de uma situação comunal ou societal, mais que como matéria meramente individual ou pessoal. Esta linha provém, desde logo, de Vygotsky e seus continuadores (Cole, 1996; Leontiev, 1978), assim como de outras tradições não menos importantes como o pragmatismo norte-americano de J. Dewey e G.H. Mead — para uma revisão histórica, ver Valsiner e van der Veer (2000). Mais recentemente, a crítica antropológica (Lave, 1988), e a psicológica e pedagógica, criticaram a visão meramente cognitiva/cognitivista da aprendizagem a partir de uma perspectiva que coloca em primeiro lugar o carácter altamente contextualizado de qualquer aprendizagem. O resultado acumulado de ambas as tradições é uma concepção, que hoje em dia poderíamos considerar de grande importância, que enfatiza o carácter social e comunitário da aprendizagem e a importância dos diferentes contextos de socialização, ou de prática, como geradores dessa mesma aprendizagem.
Neste artigo, e atentos os seus limites, propusemo-nos analisar os elementos desta problemática, isto é, como se gerou uma concepção que inter-relaciona as comunidades (virtuais ou presenciais), a prática quotidiana e a aprendizagem, de forma a ficarem completamente unidas. Não o faremos tanto de um ponto de vista histórico, mas procuraremos sobretudo mostrar as vantagens, sem esquecer as dificuldades, além de especialmente destacar as suas repercussões para o campo educativo.
O conceito de comunidade
Comunidade é uma palavra que provém do latim commune e communis, conjuntamente, em comum, conjunto de pessoas que se vinculam pelo cumprimento de obrigações comuns e recíprocas (Corominas, 1987) e que se utiliza desde meados do século XV. Além da sua raiz e acepção em usos importantes como comunismo e comunicação, o seu interesse teórico, pelo menos para os nossos propósitos (para uma revisão histórico-filosófica, ver Todorov, 1996), provém da distinção clássica de Tönnies (1979 [1887]) entre Comunidade e Associação. Tönnies elabora esta distinção no contexto de pensar formas distintas de agrupamento, particularmente as que distinguiriam a sociedade pré-industrial da que se desenvolve a partir do século XVIII e do século XIX, em especial. A Comunidade seria uma forma de agrupamento baseada na proximidade, partilha de experiências e formas de vida ou mundividências, sensibilidades e experiência, instituições como a família, mais ligada a ambientes rurais ou grupos de pequena dimensão; pelo contrário, a Associação reger-se-ia por um distanciamento experiencial e físico, um tipo de agrupamento baseado na conveniência, com uma duração temporal mais circunscrita aos interesses compartilhados."
(in http://sisifo.fpce.ul.pt/?r=11&p=117)
Se quiserem podem ver mais informações e curiosidades acerca deste tema, no seguinte link: http://sisifo.fpce.ul.pt/?r=11&p=117.
Aé breve...

domingo, 8 de junho de 2008

Plataformas do e-learning

Olá! Hoje vou vos falar das Plataformas do e-learning, o que é que são, a sua uctilidade e objectivos...
Este tipo de plataformas são muito ucteis e vantajosas.
Passo a citar um pequeno texto que nos diz um pouco sobre o que é e sua uctilidade, das Plataformas do e-learning:
"Contexto
Para implementar e-learning é necessária uma plataforma que disponibilize ferramentas de gestão de cursos, disciplinas e alunos, bem como ferramentas de produção de conteúdos e actividades pedagógicas.
A generalidade das plataformas elearning disponíveis no mercado implica, todavia, um investimento inicial elevado na instalação e configuração e acarretam elevados encargos anuais com licenças (em função do número de utilizadores), o que impede as organizações de aderirem ao e-learning de forma progressiva e sem correr demasiados riscos."
Existem todo o tipo de plataformas e-learning e para todo o tipo de objectivos: quer seja para escolas ou empresas.
No caso de escolas pode ser uctil, no sentido de haver uma interacção entre o aluno e professores e mesmo com a sua escola, (quer seja escola secundária ou universidade).
Dependendo dos critério que cada escola opte. Numa plataforma de e-learning de escola, podem se encontrar informações de cada disciplina, fórum de debate para esclarecer dúvidas com professores e outras coisas.
A plataforma e-learning que conheco e uso é a plataforma da Escola Superior de Educação de Bragança - IPB, que tem o seguinte endereço: www.easy-learning.ipb.pt
Esta plataforma é muito uctil, (quer para os professores, quer para os alunos, como eu) que podem ver lá a matéria que os professores colocam lá em determinada disciplina, forum de debate e outros.
Visita o link da Plataforma da EScola Superior de Educação de Bragança....
Se sabes e tens experiência com alguma plataforma do e-larning, partilha aqui no blog, a tua experiência...
Até breve...com mais noticias e novidades...

quarta-feira, 4 de junho de 2008

surpresa...

Bom Dia! Hoje trago-vos aqui uma pequenina "surpresa"....um exemplo, de como as novas e diversas tecnologias podem ser úcteis.
Falo-vos de um grupo de jovens, que tem como nome - "Grupo de Jovens Emanuel", (é um grupo de jovens católico, que está sediado na paróquia de santa Maria Maior - Chaves).
Este grupo de jovens faz diversas actividades na paróquia e cidade: desde a visita e animação a idosos em lares da cidade; a participção no coro - na missa das 11.30, na Igreja Matriz; retiros; encontros de jovens e outros...)
Este grupo existe desde 1992 e em janeiro partiu para um novo desafio, ao lançar um blog: http://gjemanuel-chaves.blogs.sapo.pt.
Este blog tem como objectivos dar a conhecer o grupo de jovens á comunidade, (quer da paróquia, quer de todo o mundo...) e ao mesmo tempo agradecer aos jovens que passaram por este grupo e que o enriqueceram.
No blog podes encontrar notícias do grupo, fotos, vídeos, orações, mensagens, (quer de elementos do grupo, quer de outras pessoas que vão visitando o blog), entre muitas outras coisas.
Pode-se dizer que este desafio tem dado os seus frutos, não só pelo que lá se vai colocando no blog, mas também pelas visitas que se tem feito ao blog desde janeiro de 2008: 1099 visitas...
Com esta mensagem sobre este blog, quero vos transmitir que na diversidade de "ferramentas" que as novas tecnologias da informação oferecem, encontram-se belas amostras úcteis de informação e aprendizagem em diversos temas, (quer seja em sites, quer seja em blogs).
Visitem este blog e comentem...
http://gjemanuel-chaves.blogs.sapo.pt
Até breve com mais noticias e surpresas....